Fitoterapia

Medicina Tradicional Chinesa

A Fitoterapia Chinesa é extremamente rica e desenvolvida. Os medicamentos estão catalogados consoante a sua categoria: tranquilizante, tonificante, purgante, anti-inflamatório, antibiótico, expectorante, etc. Estão também classificados consoante a sua natureza, sabor, meridianos onde penetram/agem. Estão bem definidas as dosagens recomendadas, as acções e as indicações de cada ingrediente.

Dentro da sua natureza, podemos encontrar os medicamentos pesados (minerais e raízes). Estes têm uma tendência a conduzir o fluxo de energia para baixo. São bons, por exemplo, no caso da hipertensão, ansiedade, ataques de pânico e para o refluxo esofágico. Os medicamentos leves têm uma tendência a ascender. Normalmente são flores e folhas e promovem, por exemplo, a sudorese (transpiração). São úteis em casos de resfriados e problemas respiratórios.

O sabor de cada medicamento dá informação, não só a respeito dos meridianos com os quais este tem mais acção, mas também com os efeitos que irá gerar no corpo.

AÇÃO DOS DIFERENTES SABORES

  • O sabor doce tonifica, dá energia, gera líquidos orgânicos e acalma os espasmos, sendo útil nos casos de fraqueza, cansaço, caimbras e dores.
  • O sabor amargo gera uma actividade descendente no corpo. Pode purgar, promover a diurese, desinflamar e eliminar o ambiente que permite o aparecimento de bactérias. É utilizado em casos de infecções, colesterol, hipertensão, etc.
  • O sabor picante activa a circulação e desbloqueia os meridianos, sendo indicado nos casos de dores, resfriados e bloqueios.
  • O sabor salgado amacia sólidos. É utilizado quando há a presença de massas sólidas no corpo, como é o caso de tumores, quistos e fezes secas.
  • O sabor ácido é adstringente, sendo essencialmente usado para adstringir o suor excessivo, a diarreia e a tosse.
  • As matérias com sabor insípido, ou seja, com um sabor suave, são utilizadas maioritariamente para promover a diurese e eliminar líquidos.

PORQUE CHAMAMOS “MEDICAMENTO” E NÃO “PLANTA”?
Neste artigo, esta área da Medicina Chinesa está designada por Fitoterapia Chinesa. Refere-se ao uso de plantas, devido à familiaridade com o nome no ocidente. No entanto, o termo mais correcto seria Farmacopeia Chinesa, denominando-se cada ingrediente por matéria médica ou medicamento. A farmacopeia chinesa inclui, além das plantas, alguns minerais e matérias de origem animal.

Marque a sua consulta

Moradas:

Instituto Ocular Concórdia:
Rotunda Nuno Rodrigues dos Santos 2, Portela de Sacavém – Lisboa
Telefone: 21 945 8079
https://www.facebook.com/InstitutoOcularConcordia/

Pórtico do Ser:
Rua Cidade de Goa nº24- Sacavém – Lisboa
Telefones: 211951205 – 915102776
https://www.facebook.com/porticodoser/

Campintegra:
Av. Eng. Valente de Oliveira – Taguspark – Porto Salvo – Oeiras
Telefones: 919596996 ou 211335103
https://www.facebook.com/campintegra/

Contacto

Ivana Correia
+351 919596996

Email

correiai1973@gmail.com

Redes Sociais

Contacto

Deixe me o seu Feedback ou qualquer dúvida.